Tag - como ser mais feliz

1
Flow ou Estado de Fluxo
2
20 de março: Dia Internacional da Felicidade
3
Planos para a virada do ciclo
4
Dicas para desenvolver inteligência emocional
5
Que tal viver de maneira mais leve, saudável e feliz?
6
Essa correria desenfreada é estressante
7
Refletir é um bom começo
8
O que fazer quando tudo parece perdido
9
Bate-papo na quarentena I Seja você mesmo
10
Conheça as suas forças e virtudes

Flow ou Estado de Fluxo

Já se perguntou porque algumas pessoas conseguem se entregar integralmente a uma tarefa? Mihaly Csikszentmihalyi, psicólogo húngaro, doutor pela Universidade de Chicago, resolveu investigar as raízes da realização pessoal.

Para isso, ele entrevistou pessoas de diversas áreas e descobriu que as que se destacavam tinham uma característica em comum: plena satisfação e motivação intrínseca, que não dependia de fatores externos e que só acontecia quando envolvidas com determinadas atividades, mesmo que fossem obrigações.

Era um estado de consciência onde cessava o conflito entre razão e emoção, e a percepção do tempo desaparecia. Por isso, elas se envolviam tão intensamente com a atividade, que a sua realização promovia grande satisfação. E nessa harmonia entre a mente, o corpo e os movimentos não sobrava espaço para pensar em outras coisas.

Este estado foi definido por ele como o estado de FLOW (ou fluxo), quando o indivíduo experimenta uma entrega total na atividade desempenhada. Leia Mais

20 de março: Dia Internacional da Felicidade

No dia 20 de março  é comemorado o Dia Internacional da Felicidade. Não é fácil definí-la e os mais diversos filósofos, estudiosos e pesquisadores da psicologia positiva já buscaram a resposta para a felicidade e ainda não existe um consenso sobre o tema.

Para muitos filósofos, a felicidade sempre foi o maior objetivo do ser humano. A etimologia da palavra felicidade, em grego Eudaimonia, significa: Eu (de acordo) e Daimon (gênio, entidade superior, divindade), ou seja, ser feliz significa estar de acordo com o que existe de divino em si.

Segundo Fredéric Lenoir (2016), a felicidade é algo subjetivo e que depende da natureza de cada um. O autor ainda ressalta que os filósofos gregos elaboram a questão da felicidade principalmente através da reflexão sobre o prazer.

Por outro lado, o professor da felicidade Tal Ben-Shahar explica que ser feliz é sentir prazer aqui e agora, e também fazer algo com um objetivo futuro. Ele complementa que não existe caminho curto e rápido para a felicidade, que ser feliz é encontrar significado e propósito na vida, seja por meio da religião, da carreira ou das relações.

A psicologia positiva surgiu em 1977 com a iniciativa de Martin Seligman e outros pesquisadores, como uma ciência que busca entender as emoções positivas e desenvolver forças, virtudes e habilidades. Portanto, Martin Seligman (2009) afirma que as pessoas buscam por algo mais do que corrigir suas fraquezas e aliviar os transtornos, desejam uma vida com significado. O objetivo dessa nova vertente da psicologia é mudar o foco da doença, do negativo e dos aspectos ruins da vida para o positivo, para a construção das forças e virtudes. Atualmente, a psicologia positiva é conhecida como a ciência do bem-estar e do florescimento, cujo conteúdo envolve felicidade, sentido, fluidez/flow, amor, gratidão, realização, crescimento e relacionamentos, denominado florescimento humano (Martin Seligman, 2012).

De acordo com o psicólogo Rick Hanson (2015), o poder das experiências positivas do cotidiano, de cultivar sentimentos como o amor, a paz interior e o contentamento podem transformar o cérebro, de forma que o indivíduo se torne melhor e com maior sensação de bem-estar.

Sonya Lyubominsky (2008) afirma que ser feliz requer grandes esforços, prática e comprometimento; e que o nível de felicidade de um indivíduo pode aumentar ou diminuir de acordo com os seus pensamentos e atitudes.

Segundo Tal Ben-Shahar,  se uma pessoa tem as suas necessidades básicas atendidas, o dinheiro não influencia o nível de felicidade, são fatores determinantes  tanto os relacionamentos quanto o tempo aproveitado para estar com as pessoas amadas.

E para você, o que é ser feliz ou o que é felicidade? Comente aqui!

Planos para a virada do ciclo

Com o ano chegando ao fim, você já olhou para trás e fez um levantamento das suas conquistas?

Em um ano tão atípico e desafiador como 2020, com certeza você não é o único que deixou alguns objetivos para trás e postergou projetos para o próximo ano.

Muitas vezes, deixamos o cotidiano atropelar nossos planos, fazendo apenas as tarefas que são urgentes e esquecendo-nos de todas as coisas importantes que prometemos realizar. Mesmo considerando que a pandemia nos travou de diversas maneiras, isso não justifica 100% das falhas e projetos procrastinados.

Ao contabilizar o que alcançamos e o que deixamos de alcançar, acabamos nos sentindo frustrados. Diante disso, muitas pessoas “jogam” a responsabilidade para outros, sem assumir os próprios erros e atitudes. É comum também, diante da situação vivenciada ao longo deste ano, a mudança na priorização dos objetivos: muitos estão buscando construir em casa um ambiente que proporcione mais bem-estar, outros estão se preocupando mais com a saúde e procurando alternativas para aumentar a qualidade de vida. Leia Mais

Dicas para desenvolver inteligência emocional

Primeiramente, considero importante conceituar inteligência emocional. A inteligência emocional é um conceito formulado pelo psicólogo Daniel Goleman. Ele define a inteligência emocional como a “capacidade de identificar os nossos sentimentos e os dos outros, de nos motivarmos e de gerir bem as nossas emoções internamente e os relacionamentos.”

A vida se move rapidamente e o mundo está cada vez mais volátil, incerto, complexo, ambíguo e desafiador. Vivemos estressados, ansiosos, em meio a ambientes extremamente competitivos e com estímulos por todos os lados. Isso tudo afeta nossa saúde física, emocional, os relacionamentos, o desempenho e a produtividade no trabalho, a nossa motivação e bem estar.

Segundo Goleman, a habilidade da inteligência emocional pode determinar o sucesso ou o fracasso de uma pessoa, isso acontece porque  nossa vida é feita de situações que exigem que nos relacionemos com outras pessoas demonstrando gentileza, empatia, compreensão.

Então, para que você possa desenvolver inteligência emocional, separamos oito dicas a seguir. Leia Mais

Que tal viver de maneira mais leve, saudável e feliz?

Como anda o clima na sua empresa ? E a produtividade, motivação e performance dos colaboradores? Você tem dedicado tempo para cuidar de si mesmo, tem momentos de relaxamento e lazer ou a sua rotina te consome?

Quando passamos por momentos cansativos, como o excesso de tarefas ou crises de ansiedade e stress, enviamos para nosso cérebro sinais que geram emoções e comportamentos de luta ou fuga. Muitas vezes, a causa disso é a falta de habilidades ou competências, tanto do indivíduo quanto da liderança das empresas, para administrar a própria vida, definir prioridades, necessidades e desejos, e de lidar com os desafios e estresses do dia a dia.

Dessa maneira, torna-se necessário o conhecimento e o desenvolvimento de estratégias de gestão do stress e das emoções, para aumento do bem-estar, da qualidade de vida e de resultados positivos.

A Meus Miolos se especializou no desenvolvimento de estratégias para ajudar as pessoas, times e empresas a lidarem com as adversidades de maneira a conquistarem mais qualidade de vida e equilíbrio emocional.

Você deseja aliviar o stress e a ansiedade, ser mais produtivo, obter melhores resultados, relacionamentos mais saudáveis e mais qualidade de vida? Conheça o programa anti-stress Levemente.

Esse programa de gestão do stress foi criado por mim, Isabela Capelão, para resolver um problema que há muito tempo assolava a minha vida e que, atualmente, perturba a vida de grande parte das pessoas, sobretudo nesse momento vivido atualmente.

Depois de ter passado por muitas adversidades e dificuldades em lidar com o stress, fui comedida por um problema grave de saúde, tive uma trombose cerebral, um AVC. E funcionou como um trampolim para uma busca por ferramentas, técnicas e metodologias que ajudassem as pessoas a gerenciar o stress e as emoções, e obter resultados com qualidade de vida. Isso agora é possível por meio do programa anti-stress Levemente.

E você, tem se sentido estressado(a) ou conhece alguém que pode se beneficiar dessas técnicas? Então, compartilhe!

Ou se preferir agendando um horário pelo (31) 9.9858-0188 para saber mais.

Essa correria desenfreada é estressante

E então, me conta, essa correria desenfreada que você está, sem tempo para o essencial, é para chegar aonde mesmo?

No mundo em que vivemos, ser rápido, ágil, veloz é desejável, com a ideia de que isso faça de alguém uma pessoa melhor e mais competente. Dessa maneira se torna difícil parar, fazer uma pausa, respirar, refletir e mudar. Se tiver tão inserido e focado no problema, torna-se difícil enxergar além.
É importante entender quando essa pressa é de fato necessária e quando ela é apenas um ritmo social ou uma obrigação imposta a si mesmo.

Afinal de contas, onde está escrito que é preciso responder a uma mensagem assim que o telefone celular apitar? Onde está escrito que um e-mail não pode esperar pelo seu tempo justo para ter aquela resposta que ele merece, com atenção e cuidado? Ou que é preciso fazer tudo além da conta, sem considerar os próprios limites?

Essa correria só leva a um lugar, que é ao estresse, às dores pelo corpo, ao cansaço exagerado, à exaustão mental…. ou posso dizer até algo pior, como uma depressão ou burnout. Então, é chegado o momento de ressignificar os pensamentos e crenças que tem te mantido nesse lugar.

Leia Mais

Refletir é um bom começo

Nós possuímos um poder incrível sobre nossa mente e nossos pensamentos. Costumamos contar  histórias sobre nós mesmos e acreditamos em tudo o que dizemos, com convicção, como se fossem verdades absolutas.

Não sei se você sabe, mas essas convicções podem representar grandes obstáculos em sua vida e comprometem os seus resultados em diversos âmbitos da vida.  Por isso é importante identificar se você tem sido dominado por pensamentos ou crenças limitadoras.

Saiba que essas informações geralmente estão escondidas de sua percepção consciente e que tem um enorme impacto em sua vida, relacionamentos, conquistas e felicidade. Leia Mais

O que fazer quando tudo parece perdido

Talvez você já tenha ouvido falar em cansaço físico, mas não tenha parado para refletir na correlação que existe entre corpo e mente, e como elas andam sempre lado a lado.⁣ 💭

Vivemos em uma rotina, onde fomos ensinados a persistir e permanecermos fortes diante das situações. Essa exaustão mental é a consequência da necessidade de sermos fortes o tempo todo, de dizer sim para tudo.
Isso vem se tornando uma queixa comum, entretanto, ocasiona um esgotamento das capacidades mentais, cansaço constante, desconcentração, falhas na memória, ansiedade, irritação, falta de motivação, sono turbulento e outros.

⁣Talvez você esteja passando mais tempo ocupado do que sendo produtivo, fazendo mais coisas por obrigação do que por escolha.

Esses são sintomas do estresse. Você se identifica com alguns deles? Comente aqui abaixo. Leia Mais

Bate-papo na quarentena I Seja você mesmo

Durante esse tempo de quarentena tenho conversado bastante e trocado áudios e mensagens com várias amigas. E muitas delas dizem rir de tudo que eu falo e me pediram para gravar vídeos desse jeito. Eu hesitei um pouco, pois pensei como eu poderia colocar um pouco de humor e risadas nos vídeos, que normalmente tem um conteúdo mais sério. Aí criei uma sala de  bate-papo com você, onde eu compartilho um pouco sobre mim e o quanto é importante a gente ser quem a gente é ! Além disso, ame-se em primeiro lugar.

Então eu te convido a ser você mesmo, a ser autêntico e sem autocobranças e nem comparações! Espero que você goste.

Ah, e eu quero te conhecer mais ! Responda depois de ter assistido ao vídeo.
– Você gosta de surpresas?
– Você gosta de adesivos e itens de papelaria?
– Ou você prefere os livros?
Comente aqui abaixo!

Conheça as suas forças e virtudes

 

A Psicologia positiva é um movimento dentro da psicologia iniciado no ano 2.000 por Martin Seligman, com a proposta de focar e observar os fatores positivos das pessoas.  Foram realizados diversos estudos sobre o bem-estar e sobre o que faz com que o ser humano tenha mais bem-estar e felicidade, funcionando como um incentivo para que outras  pessoas alcancem satisfação na vida.

A psicologia positiva divide-se em três grandes áreas de estudo: as emoções positivas, as características individuais positivas e as instituições positivas

Os psicólogos Martin Seligman e Christofer Peterson acreditavam que os seres humanos tem a possibilidade de escolher viver uma vida com foco nos aspectos positivos, e foi a partir disso que eles decidiram se aprofundar mais nos estudos para entender a melhor versão do ser humano. Os autores sugerem que essas virtudes possivelmente tem um componente biológico e nos ajuda a atingir a excelência ao lidar com as adversidades e desafios, constituindo um aspecto importante na evolução humana. Então, eles identificaram seis virtudes universais, comuns entre pessoas das mais diversas religiões, tradições, etnias,  filosofias e culturas e vinte e quatro forças de caráter, considerados fatores psicológicos que definem as virtudes. Este estudo foi publicado em 2.004.

Cada pessoa tem uma personalidade única, definidas pelas forças pessoais ou de caráter.  As forças de caráter  são características individuais positivas que, quando colocadas em prática, contribuem consideravelmente para o desenvolvimento do indivíduo. É importante entender que as vinte e quatro forças de caráter são os caminhos para atingir essas virtudes.

Segundo Martin Seligman, considerado o pai da psicologia positiva, só é possível ser feliz plenamente quando descobrimos e vivenciamos as nossas forças no dia a dia e em todas as esferas da vida.

As seis virtudes universais encontradas são:

  • Sabedoria
  • Coragem
  • Humanidade
  • Justiça
  • Temperança
  • Transcendência

A cada uma dessas virtudes estão  associados grupos de forças de caráter, que são apresentadas a seguir: Leia Mais

Copyright © 2014-2017. Desenvolvido por Atlas Design.