Flow ou Estado de Fluxo

Já se perguntou porque algumas pessoas conseguem se entregar integralmente a uma tarefa? Mihaly Csikszentmihalyi, psicólogo húngaro, doutor pela Universidade de Chicago, resolveu investigar as raízes da realização pessoal.

Para isso, ele entrevistou pessoas de diversas áreas e descobriu que as que se destacavam tinham uma característica em comum: plena satisfação e motivação intrínseca, que não dependia de fatores externos e que só acontecia quando envolvidas com determinadas atividades, mesmo que fossem obrigações.

Era um estado de consciência onde cessava o conflito entre razão e emoção, e a percepção do tempo desaparecia. Por isso, elas se envolviam tão intensamente com a atividade, que a sua realização promovia grande satisfação. E nessa harmonia entre a mente, o corpo e os movimentos não sobrava espaço para pensar em outras coisas.

Este estado foi definido por ele como o estado de FLOW (ou fluxo), quando o indivíduo experimenta uma entrega total na atividade desempenhada.

Esse estudo foi importante porque demonstrou que, através desse estado, nutrimos a criatividade, alcançamos alta performance, focamos a atenção no que é relevante, fortalecemos a determinação e experimentamos mais felicidade!

Além disso, ele concluiu que o FLOW depende da relação desafio x habilidade. Então ele desenvolveu esse gráfico (na imagem)  que mostra que o estado de fluxo só será alcançado quando a tarefa for desafiadora o suficiente para manter o seu cérebro motivado, na mesma proporção em que as habilidades forem suficientes para enfrentar o desafio.

Então, quando estiver sentindo ansiedade, tédio, apatia ou qualquer outro sentimento descrito no gráfico, observe qual o nível do desafio, qual o nível das suas habilidades e identifique se precisa aumentar o desafio ou desenvolver alguma habilidade.

As pessoas que alcançam o estado de FLOW com mais frequência têm mais chances de experimentar a felicidade, além de diversos outros benefícios. Mas como atingir esse estado de fluxo? A resposta é: desenvolva novas habilidades ou crie oportunidades novas e desafiadoras.

Abaixo seguem algumas dicas que lhe ajudarão a alcançar o estado de flow e experimentar a sensação de plenitude, atenção plena, realização, pertencimento e de felicidade.

  • Procure atividades que façam sentido para você e que te empolguem ao pensar em realizá-las;
  • Identifique e desenvolva as habilidades necessárias para a execução do seu trabalho ou atividade do cotidiano e se desafie constantemente;
  • Esteja totalmente integrado mente e corpo na realização de uma atividade;
  • Concentre-se no momento presente;
  • Procure por atividades prazerosas nas quais você não perceba o tempo passar.

A atitude deve ser sua! Saia da situação estagnada que você se encontra e procure ambientes, pessoas e ferramentas que te ajudem nesse processo. Aproveite cada situação como uma oportunidade de colocar suas habilidades em prática ou adquira novas, desafie-se constantemente. Dessa forma, será mais fácil experimentar mais satisfação com a vida e sair do marasmo, seja na carreira, nos relacionamentos e outras áreas da vida.

Segundo o psicólogo Mihaly Csikszentmihalyi, “De todas as virtudes que podemos aprender, nenhum traço é mais útil, mais essencial para a sobrevivência e mais propenso a melhorar a qualidade de vida do que a capacidade de transformar a adversidade em um desafio agradável.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Copyright © 2014-2017. Desenvolvido por Atlas Design.