Arquivo - junho 2018

1
Saúde, bem-estar e qualidade de vida
2
Insatisfação crônica
3
Dia dos namorados
4
O Bom humor e os relacionamentos

Saúde, bem-estar e qualidade de vida

saúde blog

A definição de qualidade de vida é muito ampla, e cada indivíduo ou instituição, organização tem um conceito para tal. E tem relação com o equilíbrio, com a redução do estresse nas situações cotidianas, a fim de alcançar saúde e bem-estar.

Vai muito além da saúde física, abrange o estado psicológico e emocional do indivíduo, as relações e ambientes sociais, os significados e valores, o tempo de sono e de atividades de lazer, a rotina profissional, a espiritualidade, aprendizagem, o estágio da vida, o país de origem, as necessidades básicas, as ambições e os desejos individuais, tudo influencia na hora de definir quando se vive com qualidade.

Mesmo que não haja uma definição estabelecida para qualidade de vida, alguns órgãos tentam calcular o bem-estar social. O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), por exemplo, é uma maneira oficial e padronizada de medir a qualidade de vida da população de determinada região. Ele leva em consideração três dimensões: vida longa e saudável: expectativa de vida ao nascer; acesso ao conhecimento: média de estudo e anos esperados de educação formal; padrão de vida decente: PIB/PPC per capita. Leia Mais

Insatisfação crônica

arte blog insatisfação crônica

Você já sentiu em algum momento da sua vida, que não importa o que você fizer, nunca é suficiente? Nada está bom, ao contrário, é ruim ou até péssimo? Sensação de insatisfação com tudo e irritação com todos ao seu redor?

A insatisfação crônica nos dá uma sensação de que nada na nossa vida se conecta, que podemos ter muito mais que dispomos hoje, de que tudo está ruim, nada acontece do jeito que deveria acontecer. Nada é o bastante, o amor nunca é tão intenso e verdadeiro como deveria, a profissão nunca satisfaz e o chefe sempre é o pior, os amigos nunca são tão presentes como deveriam ser, a família não nos compreende, tudo está contra nós! Remamos contra a maré e nos perdemos, esgotamos em insatisfação e o risco é grande até tomarmos consciência de que o problema maior não são os outros e sim uma desconexão com nós mesmos.

Na realidade, algo internamente pode não estar bem e isso o(a) faz enxergar o problema como se ele fosse externo e muitas vezes como se não existisse solução. Essa incapacidade de resolver tal problema, ao se tornar repetitiva pode gerar frustração. Além disso, a sua exigência pode ser tão alta que nada que aconteça será suficiente e poderá manter-se num estado de lamentação eterna.
Leia Mais

Dia dos namorados

Dias dos namorados 02

Um relacionamento saudável e prazeroso pode ser alcançado se você e seu(sua) companheiro(a) estiverem dispostos a trabalharem juntos, por esse objetivo em comum. Seguem algumas dicas para te ajudar:

● Aprecie e valorize o companheiro(a);
● Conheça os gostos, preferências e objetivos do outro;
● Cultive o afeto e a admiração;
● Preste atenção e ouça o que o outro está dizendo, sem pré-
julgamentos;
● Resolva os problemas e diferenças com diálogo, respeito e
abertura;
● Admita a sua responsabilidade diante da situação;
● Compartilhe momentos prazerosos;
● Valide os sentimentos do companheiro ou companheira;
● Seja feliz com seu parceiro(a), não só hoje e sim todos os dias.

Feliz dia dos namorados!

O Bom humor e os relacionamentos

arte blog Bom humor

Você já parou para pensar sobre como o bom humor é importante para nossas relações e para a vida? Os relacionamentos que estabelecemos com pessoas de nosso convívio são uma parte importante do nosso cotidiano e afetam nossa saúde e bem-estar.

Ficar ao lado de pessoas bem humoradas é muito bom, não é mesmo? Elas são sempre bem-vindas, dão um clima diferente ao ambiente, tornam encontros mais descontraídos e divertidos, são mais interessantes e conquistam a todos com a sua alegria e simpatia.

O senso de humor é uma característica fundamental na vida e na manutenção dos relacionamentos interpessoais, é uma ferramenta eficaz para superar qualquer incômodo ou vergonha, para descontrair em situações tensas e quebrar o gelo. E se faz ainda mais necessária nos momentos de dificuldades, pois ajuda na superação, na maneira de encarar os problemas e de encontrar soluções.

É possível evitar muitos confrontos e resolver discussões e diferenças com bom humor, já que tal característica pode ajudar a dizer coisas que de outra maneira poderiam ser difíceis de expressar. Nas relações já estabelecidas, ajudar a não acumular a raiva ou frustração. Leia Mais

Copyright © 2014-2017. Desenvolvido por Atlas Design.