Arquivo - novembro 2019

1
5 dicas para potencializar o seu cérebro
2
Yoga do riso nas empresas
3
Perfeccionismo: tem contribuído ou atrapalhado a sua vida?

5 dicas para potencializar o seu cérebro

A ginástica cerebral proporciona diversos benefícios, como o estímulo e o desenvolvimento de habilidades, tirando o cérebro da zona de conforto e o mantendo em constante aprendizado. Isso ajuda a prevenir doenças neurodegenerativas e alivia o stress.

A ginástica para o cérebro tem base na neurociência e estudos da neuroplasticidade cerebral, que é a capacidade que nosso cérebro tem de se modificar conforme os estímulos recebidos para se adaptar às exigências do ambiente.

Aquela velha crença de que nascemos com um determinado número de neurônios e que ao longo da vida vamos perdendo, é  falsa. É correto afirmar que há  um declínio no número de neurônios, porém o nosso cérebro continua sendo moldável, ou seja, continua sofrendo mudanças ao longo da vida e é possível desenvolver mais neurônios, o que tem relação com as necessidades exigidas pelo ambiente e nossos recursos para enfrentá-las.

E como fazer isso? Leia Mais

Yoga do riso nas empresas

Nesse mundo estressante que vivemos, estamos sujeitos aos mais diversos problemas, o que impacta os resultados das empresas, a qualidade de vida no trabalho, a produtividade dos colaboradores, o clima organizacional e consequentemente a lucratividade.

Sendo assim, torna-se necessário o desenvolvimento de recursos e o conhecimento de técnicas que vão nos auxiliar a viver de maneira mais leve, feliz  e produtiva. Aqui na Meus Miolos trabalhamos com diversas técnicas de gestão do stress e aumento da qualidade de vida, ajudando pessoas, times e empresas a lidarem com essas adversidades e conquistarem os resultados desejados.

E uma dessas metodologias é a Yoga do riso, muito conhecida também como terapia do riso ou risoterapia,

Yoga do Riso segue um protocolo criado pelo médico indiano Madan Kataria e hoje está presente em mais de 100 países ao redor do mundo.

Funciona com uma rotina de exercícios, que combina o riso incondicional com a respiração do yoga. Qualquer um pode rir sem precisar de humor, piadas ou comédia.  São técnicas de aquecimento, movimentos corporais, exercícios do riso como imitações e brincadeiras, intercalados com exercícios de respiração, movimentos corporais, sons, palmas, cânticos, gargalhadas, meditação do riso e relaxamento.

Os benefícios são inúmeros para a saúde,  para a vida pessoal, profissional, social, para os negócios e para administrar os desafios e adversidades da vida.

A Yoga do Riso pode ser realizada nas empresas em diversos formatos e duração, como palestra, workshop, atividade complementar em grande eventos ou confraternizações, blitz corporativa e em programas de qualidade de vida nas empresas. O que é mais legal é que pode ser realizada em pequenas, médias ou grandes empresas.

O objetivo é a  redução do stress e da ansiedade, o aumento da performance, da criatividade, da motivação, da tomada de decisão, da interação positiva entre as pessoas, do bom-humor, do bem-estar e da qualidade de vida no trabalho.

Envie o link para o setor de RH ou para a Segurança do trabalho da sua empresa .
Quer saber mais?

Cadastre-se no blog para ficar por dentro do nosso conteúdo e acompanhe as nossas redes sociais, ou agende um horário pelo (31) 3586.0188 / 9.98580188.

Perfeccionismo: tem contribuído ou atrapalhado a sua vida?

Pessoas perfeccionistas buscam sempre dar seu melhor em tudo, o que nos leva a crer que também são exemplos de como alcançar uma alta performance.

Embora haja um lado positivo, há também o lado negativo, já que os perfeccionistas são rígidos demais consigo mesmos, o que gera estresse e pode impactar a saúde mental. Eles podem sofrer pressão quando cometem erros, e costumam resistir para pedir ajuda de outras pessoas, com medo de revelar que na verdade são “imperfeitos”. Além disso, são altamente competitivos, sobretudo quando enxergam outros realizando algo melhor do que eles, em qualquer que seja o assunto. E muitas vezes acumulam funções demais, deixam de delegar, para garantir que tudo ocorra conforme a própria expectativa e assim, mantenham a falsa sensação de controle.

Afinal, o perfeccionismo é construído sobre uma ironia cruel: cometer e admitir erros são partes fundamentais do desenvolvimento e da aprendizagem do ser humano. Isso nos prepara melhor para a carreira, para os relacionamentos e para a vida em geral. Ao evitar errar a qualquer custo e tentar controlar tudo, o perfeccionista consegue dificultar o alcance de suas próprias metas. O mais coerente é aceitar-se como um ser humano imperfeito, admitir os erros, aprender com eles e fazer melhor da próxima vez.

As desvantagens do perfeccionismo não se resumem a impedir de ser mais bem-sucedido e produtivo. Essa tendência tem sido associada a uma série de condições clínicas como depressão e ansiedade (mesmo em crianças), automutilação, transtorno de ansiedade social, transtorno obsessivo-compulsivo, compulsão alimentar, anorexia, bulimia, estresse pós-traumático e dores de cabeça crônicas. Além de impactar os relacionamentos e a vida profissional do indivíduo.
Então, o perfeccionismo tem contribuído ou atrapalhado a sua vida?

Quer saber sobre esse assunto? Acesse o site, as redes sociais para ficar por dentro do nosso conteúdo ou agende um horário pelo (31) 3586.0188 / 9.98580188

 

Copyright © 2014-2017. Desenvolvido por Atlas Design.