Nossos miolos

Aqui vamos conhecer e desvendar a mais fantástica máquina do nosso organismo: o cérebro. O centro direcionador de nossos conhecimentos, pensamentos e emoções. Além de ser o responsável pelas nossas atividades motoras, sensoriais e comportamentais.
O objetivo é aumentar o conhecimento, entender o funcionamento e desenvolver capacidades de forma a potencializar sua performance.
Para isso, vamos ter informações sobre neurociência, comportamento, exercícios e muito mais.

1
15 de outubro: Dia dos Professores
2
Vamos praticar neuróbica?
3
Vamos rir e brincar
4
Entrevista Rádio Super e Rádio América I Isabela Capelão
5
Mulheres inspiradoras: Clarice Lispector
6
Mulheres inspiradoras: Enedina Alves Marques
7
Dia Internacional da Mulher
8
Mundo VUCA, entenda o que é e prepare-se!
9
5 dicas para potencializar o seu cérebro
10
Livros e Lições I O futuro da humanidade

15 de outubro: Dia dos Professores

Hoje, além de parabenizar nossos mestres pelos conhecimentos transferidos e aprendizados proporcionados, quero também reforçar o papel dos professores, orientadores e mentores em outras áreas da vida. O impacto na autoconfiança, coragem, otimismo, disciplina e segurança dos alunos é grande.

– Professor, como você se prepara para desenvolver emocionalmente seus alunos? Um fator importante para o amadurecimento da criança é a autoconfiança. E para os alunos se tornarem mais confiantes, a escola e os professores precisam tomar medidas educacionais que estimulem tal característica.
– Por quê? Porque os benefícios da autoconfiança extrapolam o ambiente escolar e se estendem a outros campos da vida.
Crianças mais autoconfiantes se tornam adultos mais preparadas para os desafios da vida e os alunos autoconfiantes sentem-se mais livres no seu processo de aprendizagem, pois não se intimidam diante de uma nota ruim ou qualquer outra dificuldade que apareça. Leia Mais

Vamos praticar neuróbica?

 

Você conseguiu ler essa frase? Conhece a capacidade do seu cérebro?

Quando exercitamos nossa mente, saímos da zona de conforto e encontramos com mais facilidade respostas para tomadas de decisão e resolução de problemas. Esses exercícios são conhecidos como neuróbica e foram criados para fortalecer neurônios, aumentar o poder de concentração e treinar a memória, além de contribuir com a longevidade mental.

A neuróbica é um tipo de ginástica para o cérebro. A “aeróbica dos neurônios”. Isso mesmo!

Sabe quando a gente esquece nomes, números, compromissos, locais onde determinados objetos foram guardados, datas de aniversário, ou mesmo contamos a mesma história para a mesma pessoa várias vezes? Isso acontece com gente de qualquer idade, hein! Vivemos muito no automático, deixando de pensar e estimular nossos neurônios. A notícia boa é que pode ser resolvido com exercícios simples para o cérebro.

O objetivo da neuróbica é estimular os cinco sentidos (visão, olfato, tato, paladar e audição) – e também suas emoções – por meio de exercícios, fazendo com que você preste mais atenção nas suas ações, melhore seu poder de concentração, a sua memória e aumente a sua reserva cognitiva.

Que tal exercitar seu cérebro agora? Seguem abaixo 3 práticas pra você começar!

– Escreva o seu nome completo com a mão contrária da de costume;
– Pense em uma palavra e depois escreva outras 5 que comecem com a mesma letra;
– Coma algo bem diferente do habitual, estimule seu paladar.

Vamos rir e brincar

Segundo estudos na área, o riso como forma de expressar a felicidade traz efeitos terapêuticos. O riso proporciona diversos benefícios para a saúde, entre eles a redução do estresse e das tensões, a melhoria do humor e da positividade. Isso não é maravilhoso? 😁

Uma dose diária de risadas, além de ser contagiante, pode mudar o seu astral e melhorar a saúde de qualquer pessoa. Ah, e vale rir mesmo sem vontade e sem motivo, como um exercício diário mesmo. Sabe por quê? Nosso cérebro não diferencia a imaginação da realidade, então quando fingimos estar com vontade e iniciamos as risadas, aproveitamos os mesmos benefícios do riso natural.

E saiba que estar cercado de pessoas positivas podem elevar as suas chances de felicidade e sucesso! Então, grude nas pessoas positivas! Clique aqui e leia o post com os benefícios do riso.

A proposta aqui também é fazer algo lúdico!
Estudos dizem que as crianças riem em torno de 300 (trezentas) vezes ao dia e os adultos somente 17 (dezessete) vezes. Estamos rindo e brincando cada vez menos. E sabe qual a consequência disso? Mal humor, depressão, estresse, impaciência, irritabilidade, doenças e muitos outros males.

Além dos inúmeros benefícios do riso, as brincadeiras ajudam a exercitar o nosso cérebro e a sair da zona de conforto, a conectarmos com a nossa criança interior e estimular a criatividade.

Então, vamos rir mais, enxergar os pontos positivos e colocar os miolos para funcionar brincando?

Para isso, segue abaixo um exercício de palavras cruzadas. Diverta-se e motive-se!

Entrevista Rádio Super e Rádio América I Isabela Capelão

Diante da situação atual de pandemia e isolamento social,  a Isabela Capelão, especialista em gestão do stress, foi convidada para entrevistas pela Rádio Super (91.7 FM) e pela Rádio América (AM 750) , de Belo Horizonte.

Nesse momento, é necessário aprender a lidar com o stress, buscar alternativas para distrair e ocupar a mente, praticar exercícios físicos e filtrar as informações recebidas. Na entrevista para a Rádio Super, o assunto abordado foi exatamente esse.

Aproveite o tempo em casa – mesmo se você estiver trabalhando – para fazer o que te proporciona prazer, como ler livros, assistir filmes, ouvir músicas e dançar (só tome cuidado na escolha; dê preferência para títulos e autores divertidos e que passem uma mensagem positiva), pratique exercícios físicos, converse com os amigos por meio de plataformas on-line, cuide das plantas, cozinhe, toque um instrumento musical, crie algo novo. A inatividade pode aumentar o desânimo, o desespero, os conflitos dentro de casa e outros estados emocionais negativos.

Além do que já sabemos ser importante, temos principalmente que cuidar da nossa saúde mental e emocional. No programa Manhã América, da Rádio América, a Isabela Capelão deu dicas para reduzir o desgaste emocional, inevitável nesse período de isolamento.

Ouça agora as entrevistas!

Mulheres inspiradoras: Clarice Lispector

Nesse mês de março, o mês das mulheres, vamos aproveitar para comentar em nossas redes um pouco sobre mulheres inspiradoras. A intenção é valorizar as conquistas e a força feminina no cenário mundial em diversos momentos da história. São inúmeras as mulheres, tanto famosas  quanto comuns, desde a antiguidade até os momentos atuais, que fizeram a diferença. E milhares ainda estão por vir!

Essa é a vez de Clarice Lispector!

Clarice Lispector nasceu na Ucrânia em 1920, é uma das mais célebres escritoras brasileiras de todos os tempos. Enquanto brasileira, declarava-se pernambucana, já que morou no estado desde os 2 anos de idade.

Clarice chamou a atenção em sua época, especialmente, devido à sua peculiaridade. Seus textos, ensaios, peças teatrais, crônicas e contos falavam de fatos simples do cotidiano, mas com uma visão muito diferenciada de uma mulher que nunca teve medo de “sentir demais” e que discorria sobre temas como amor, traição, amizade e liberdade, com uma sutileza difícil de se encontrar.

Depois de publicar inúmeros contos, obras, romances, colunas semanais e ganhar dezenas de prêmios, a escritora, advogada e jornalista morre em 1977.

Ainda hoje é uma das autoras de maior sucesso, mesmo depois de décadas da sua morte.

E você, já leu algum livro de Clarice Lispector? Comente aqui abaixo.

Mulheres inspiradoras: Enedina Alves Marques

Nesse mês de março, o mês das mulheres, vamos aproveitar para comentar em nossas redes um pouco sobre mulheres inspiradoras. A intenção é valorizar as conquistas e a força feminina no cenário mundial em diversos momentos da história. São inúmeras as mulheres, tanto famosas  quanto comuns, desde a antiguidade até os momentos atuais, que fizeram a diferença. E milhares ainda estão por vir!

Essa é a vez de Enedina Alves Marques.

Todas as mudanças  que ocorreram ao longo dos séculos, relacionadas à independência e ao posicionamento da mulher na sociedade foram  graças a mulheres corajosas, que dedicaram parte de suas vidas para mudar a história, apesar das dificuldades.

Entrou para a história do Brasil, como a primeira mulher a se formar em engenharia no estado do Paraná e a primeira engenheira negra do Brasil.

Disciplinada e inteligente, enfrentou todos os obstáculos que uma sociedade no início do século XX apresentava a uma mulher negra e pobre. Nessa época o mercado de trabalho costumava ser limitado para certos tipos de empregos. Mas isso não fez com que ela desistisse. Em vida, conquistou respeito liderando centenas de operários, técnicos e engenheiros.

Hoje, está imortalizada como a pioneira da engenharia”, gravada no Memorial à Mulher, construído em Curitiba, e em sua homenagem, foi fundado o Instituto de Mulheres Negras Enedina Alves Marques, empenhado em combater a invisibilidade racial. Certamente, Enedina abriu as portas para uma maior participação da mulher no mercado de trabalho, em especial na engenharia

Dia Internacional da Mulher

Hoje, 8 de março,  é comemorado o Dia Internacional da Mulher, uma data de reflexão e reafirmação da importância feminina. A data simboliza a luta histórica das mulheres para terem suas condições equiparadas às dos homens.

Inicialmente, o dia 8 de março remetia à reivindicação por igualdade salarial, mas atualmente, simboliza a luta das mulheres não apenas contra a desigualdade salarial, mas também contra o machismo e a violência.

Hoje é dia de refletir sobre o silenciamento que existe e que normaliza a desigualdade e as violências sofridas pelas mulheres. Além de ser um momento para repensar atitudes e modificá-las, para construir uma sociedade mais justa e menos discriminativa.

Parabéns a todas as mulheres! E para comemorar esse dia especial, uma frase de Simone de Beauvoir:

“Que nada nos limite, que nada nos defina, que nada nos sujeite. Que a liberdade seja nossa própria substância, já que viver é ser livre.”

Mundo VUCA, entenda o que é e prepare-se!

Entenda como essa sigla sintetiza a sociedade contemporânea e como ela pode impactar carreiras, negócios e relacionamentos interpessoais.

Quando olhamos tudo a nossa volta, a impressão que temos é que tudo o que era sólido, em termos de paradigmas e certezas, se tornaram líquidos, em processo de mudança. A modernidade trouxe novas concepções e nós,  seres humanos, estamos a todo instante remodelando a nossa ideia de identidade.

A velocidade da comunicação, das informações, um mundo hiper conectado, uma transformação constante dos dispositivos do nosso cotidiano, somado a uma infinidade de rupturas e disrupturas impactaram o nosso modo de viver em sociedade. São efeitos irreversíveis e  essa velocidade está desnorteando os miolos de muita gente. Mais do que isso – nunca antes na história da humanidade coexistiram gerações tão diferentes no mesmo tempo e espaço. Em termos de história, o século XX foi ontem, mas em termos de mudanças da nossa sociedade, a ideia de espaço temporal parece ser imensa se comparado aos últimos anos: baby boomer, geração X, Y, Z, Alfa. Isso é a prova de que estamos em constante transformação.

Nos últimos tempos, uma expressão ganhou notoriedade por traduzir este zeitgeist (palavra alemã que significa espírito do tempo), o mundo VUCA ou em português literal,  VICA. Essa palavra acrônima significa Volatilidade, Incerteza, Complexidade e Ambiguidade. O termo surgiu na década de 90 no ambiente militar. O U.S. Army War College utilizou esse conceito para explicar o mundo no contexto pós Guerra Fria e foi integrado ao vocabulário contemporâneo.

VUCA não é um termo qualquer, ou da moda, é a tradução do que estamos vivendo atualmente, ou seja, um mundo acelerado e sem destino certo. Leia Mais

5 dicas para potencializar o seu cérebro

A ginástica cerebral proporciona diversos benefícios, como o estímulo e o desenvolvimento de habilidades, tirando o cérebro da zona de conforto e o mantendo em constante aprendizado. Isso ajuda a prevenir doenças neurodegenerativas e alivia o stress.

A ginástica para o cérebro tem base na neurociência e estudos da neuroplasticidade cerebral, que é a capacidade que nosso cérebro tem de se modificar conforme os estímulos recebidos para se adaptar às exigências do ambiente.

Aquela velha crença de que nascemos com um determinado número de neurônios e que ao longo da vida vamos perdendo, é  falsa. É correto afirmar que há  um declínio no número de neurônios, porém o nosso cérebro continua sendo moldável, ou seja, continua sofrendo mudanças ao longo da vida e é possível desenvolver mais neurônios, o que tem relação com as necessidades exigidas pelo ambiente e nossos recursos para enfrentá-las.

E como fazer isso? Leia Mais

Livros e Lições I O futuro da humanidade

Nesse vídeo, da série Livros e Lições, eu, Isabela Capelão, comento sobre o livro O futuro da humanidade, de Augusto Cury e faço um paralelo com a nossa vida, o nosso legado e o nosso papel na sociedade.

Assista agora!

Copyright © 2014-2017. Desenvolvido por Atlas Design.