Arquivo - abril 2021

1
Saiba porque vale a pena ser otimista
2
Os benefícios da arte para saúde mental
3
Flow ou Estado de Fluxo

Saiba porque vale a pena ser otimista

Estamos passando por momentos muito difíceis e por isso é importante enxergar o lado positivo diante das situações, por pior que elas estejam. São nas situações adversas e nos desafios que surgem as melhores ideias e oportunidades.

Segundo estudiosos da psicologia positiva, todos nós carregamos, em maior ou menor grau, traços de otimismo e de pessimismo. Por isso, essas classificações não podem se reduzir a apenas a pensamentos positivos ou negativos, vão muito mais além.

Os otimistas são aquelas pessoas que enxergam os problemas da vida como passageiros e circunstanciais e quando pensam no futuro são mais abertos às possibilidades. Por isso, possuem mais chances de encontrar formas de sobreviver às crises e de criar alternativas para sair delas, independentemente dos acontecimentos ao seu redor. Ao pensarem mais no futuro, os otimistas se tornam mais motivados e enxergam mais oportunidades do que problemas, além de entenderem o passado e as adversidades como uma possibilidade de aprendizado. Leia Mais

Os benefícios da arte para saúde mental

Hoje, dia 15 de abril é comemorado o Dia Mundial da Arte. Esse dia foi decretado pela Associação Internacional de Arte (IAA), a fim de promover a conscientização da atividade criativa no mundo.

A data escolhida é em homenagem ao aniversário de Leonardo da Vinci, um dos artistas mais conhecidos até hoje. Nas palavras dele: “A arte diz o indizível; exprime o inexprimível, traduz o intraduzível”. Essa frase nos faz refletir sobre a importância da arte para compreendermos melhor o mundo e expressarmos os nossos sentimentos mais íntimos.

Muitas pessoas me procuram preocupadas em saber como garantir ou manter a mente sã durante a pandemia. A livre expressão das emoções por meio das práticas artísticas e corporais pode ser uma boa solução.

A arte, ás vezes pouco valorizada, desempenha um papel importantíssimo para a nossa saúde mental e física. Atividades como dançar, cantar, pintar, escrever e outras possuem forte capacidade terapêutica e por isso devem estar mais presentes em nosso cotidiano.

Leia Mais

Flow ou Estado de Fluxo

Já se perguntou porque algumas pessoas conseguem se entregar integralmente a uma tarefa? Mihaly Csikszentmihalyi, psicólogo húngaro, doutor pela Universidade de Chicago, resolveu investigar as raízes da realização pessoal.

Para isso, ele entrevistou pessoas de diversas áreas e descobriu que as que se destacavam tinham uma característica em comum: plena satisfação e motivação intrínseca, que não dependia de fatores externos e que só acontecia quando envolvidas com determinadas atividades, mesmo que fossem obrigações.

Era um estado de consciência onde cessava o conflito entre razão e emoção, e a percepção do tempo desaparecia. Por isso, elas se envolviam tão intensamente com a atividade, que a sua realização promovia grande satisfação. E nessa harmonia entre a mente, o corpo e os movimentos não sobrava espaço para pensar em outras coisas.

Este estado foi definido por ele como o estado de FLOW (ou fluxo), quando o indivíduo experimenta uma entrega total na atividade desempenhada. Leia Mais

Copyright © 2014-2017. Desenvolvido por Atlas Design.