Arquivo - fevereiro 2019

1
Terapia do riso nas empresas
2
Como funciona a hipnoterapia?
3
Livros e Lições
4
O que é estresse pós traumático?

Terapia do riso nas empresas

Já comentei várias vezes por aqui o quanto o riso é benéfico para a nossa saúde física, emocional e espiritual. Então, o meu conselho é: não economize risadas e as distribua gratuitamente no seu dia-a-dia, pois funciona como um medicamento natural. Além disso, tem se tornado demanda nas empresas de diversos segmentos a realização da terapia do riso para os colaboradores, pois dentre os benefícios estão o aumento da motivação, do bom-humor, da interação e contribuição entre os colegas de trabalho, a redução do stress e da ansiedade, o aumento do controle emocional, da produtividade e da criatividade. É uma excelente atividade para fazer parte de SIPAT´s, semanas da saúde e bem-estar, blitz entre palestras em congressos e convenções.

Além disso, a terapia do riso oferece inúmeros benefícios individuais, para a equipe e para a empresa. Se quiser saber mais, entre em contato!

Assista o vídeo abaixo. Nesse vídeo, Isabela Capelão compartilha momentos da terapia do riso realizada nas empresas: Bodytech, Spa Bella Donna em parceria com a Santa Casa de Belo Horizonte e no Espaço Meus Miolos. Não faltaram risadas e descontração por parte dos colaboradores.

 

Como funciona a hipnoterapia?

A hipnose é chamada de hipnoterapia quando utilizada como ferramenta terapêutica, e gera grandes resultados.

A hipnose é a mais antiga das terapias e é uma ferramenta que possibilita que o indivíduo alcance um estado alterado de consciência por meio do acesso à sua sabedoria interna para, com o auxílio de um profissional habilitado, encontrar recursos pessoais e resolver um determinado sintoma ou problema. A pessoa experimenta um estado profundo de relaxamento e prazer, deixa a mente mais desacelerada por meio da sua imaginação, possibilitando mudanças de estado emocional e de comportamentos, de maneira a ampliar as possibilidades e abrir um novo caminho em sua vida.

A hipnose ajuda no tratamento de fobias, controle do stress e da ansiedade, síndrome de burnout, dores crônicas, questões de cunho alimentar: obesidade, emagrecimento e distúrbios alimentares, vícios, compulsões por compras, por exemplo; gagueira, alergias, tiques nervosos como roer unha, arrancar cabelo, coçar a cabeça; timidez, disfunções sexuais, insônia; para aumento da performance cognitiva, artísticas e/ou esportivas. Ajuda a amenizar o sofrimento do stress pós-traumático,  a lidar com  as emoções negativas (baixa auto-estima, angústia, pensamentos negativos e depressivos). Então, auxilia em questões de fundo emocional ou psicológicos. Leia Mais

Livros e Lições

Nos vídeos da série Livros e Lições é composta do resumo dos livros,  comentários e lições aprendidas, sob o meu olhar voltado para o desenvolvimento humano.

Hoje tem dose dupla da série: “Os miseráveis” e “O mito da caverna”.

Em um dos vídeos vou comentar sobre a Alegoria ou o Mito da caverna, que é parte de um livro A República, do filósofo Platão.

No outro, vou contar um resumo da história e comentar a obra da literatura mundial de grande destaque Os miseráveis, de Vitor Hugo.

Assista os vídeos abaixo e aproveite para inscrever-se no canal do YouTube: Isabela Capelão.

 

 

O que é estresse pós traumático?

Quando uma pessoa vivencia ou assiste uma situação ou acontecimento negativo, que causa sofrimento ou então uma situação ameaçadora na qual é exposta a muito medo e impotência é chamado de transtorno de estresse pós-traumático. Esse transtorno (TEPT), além do sofrimento, afeta de forma significativa a qualidade de vida e a vida social e profissional da pessoa.

Acidentes graves, atos terroristas, assaltos, sequestros, catástrofes naturais, , agressões físicas, psicológicas ou emocionais são algumas situações em que o stress pós-traumático pode aparecer. Um exemplo desse tipo de situação é a recente tragédia do rompimento da barreira de Brumadinho. Quando ocorrem tragédias muito grandes como essa, mesmo as pessoas que presenciaram a situação ou o desespero de outras também podem desenvolver o transtorno. Leia Mais

Copyright © 2014-2017. Desenvolvido por Atlas Design.