Arquivo - outubro 16, 2019

1
Os perigos da autocobrança

Os perigos da autocobrança

Querer alcançar uma meta e trabalhar duro não é autocobrança, mas sim disciplina. Entretanto, quando você se coloca para baixo enquanto busca esses objetivos ou se compara com os outros, a sua cobrança interna está desproporcional.

Durante esses momentos, você pode se ver caindo no negativismo, incluindo autocensura, autocrítica, autopunição e autojulgamento. Além disso, ter muita exigência para consigo mesmo pode impactar diretamente na sua autoestima, na conquista dos seus objetivos e no seu bem-estar.

A autocobrança exagerada é prejudicial, pois gera o stress negativo e todas as suas consequências. Por isso, é importante saber administrá-la. Essa energia negativa atua como uma forma de pressão interna e impede que você reconheça as pequenas conquistas do dia a dia e elas se tornam sempre insuficientes para o seu padrão elevado. Dessa forma, se cobrar demais ocasiona baixo rendimento e produtividade.

É normal recebermos cobranças externas em casa, na faculdade, no trabalho, mas ela não se compara à nossa autocobrança. Esse excesso desrespeita os nossos limites, tira o prazer de executar as tarefas e impede a comemoração das vitórias. Além disso, você acaba cobrando mais dos outros também e criando expectativas exageradas.

E você, será que tem sido duro demais consigo mesmo(a) e se cobrado em excesso? O quanto isso tem impactado na sua saúde, nas suas conquistas e na sua felicidade? Pense e reflita sobre isso, talvez precise mudar as histórias que conta para si mesmo e valorizar mais as pequenas conquistas.

Quer saber mais? Cadastre-se no blog e acompanhe nossos conteúdos nas redes sociais.

Ou então agende um horário pelo (31) 3586.0188 / 9.98580188.

Copyright © 2014-2017. Desenvolvido por Atlas Design.