Sistema de recompensas do cérebro

O chamado sistema de recompensa do cérebro é o circuito que processa a informação relacionada à sensação de satisfação. Ele é ativado quando o indivíduo tem uma experiência prazerosa e isso faz com que haja a produção de dopamina, um neurotransmissor de prazer, que tem a função de levar as informações para outras células do organismo.
Esse sistema tem relação com a alimentação, pois, quando você por exemplo come uma sobremesa, seu cérebro registra que aquilo é algo agradável e prazeroso, considerando-o como um comportamento memorável e as áreas do seu sistema de recompensa “pedem” para que você repita essa ação.
Então, a dopamina percorre determinadas áreas do cérebro avisando que está tudo bem e que o indivíduo está satisfeito, quando a informação chega ao córtex pré-frontal, ocorre a modulação. É nessa região que a racionalidade assume a situação e ocorre a tomada de decisão para definir se você realmente deve comer mais sobremesa ou se chegou a hora de parar.

O problema é que nem todos os prazeres fazem bem para à saúde. O consumo de alimentos que contenham açúcar, por exemplo, pode fazer muito mal. Por isso, é preciso que a gente use o córtex pré-frontal para ponderar sobre a necessidade de ingerir ou não algo que nos dê prazer. Somente esta informação já é bastante relevante para auxiliar nessa decisão. Saiba que quanto mais repetirmos o comportamento prazeroso, mais difícil se torna resistir a ele.
Para interromper esse ciclo é importante apresentar outras fontes de prazer ao seu cérebro. Ele não vai deixar de achar o tal alimento prazeroso, mas ele também pode considerar que comer fruta é suficiente. Se você comer fruta frequentemente e passar a se sentir bem com isso, essa ação também irá ativar seu sistema de recompensas. Então, o primeiro passo é tomar consciência disso e encontrar meios para lidar com esse sistema de recompensa, de obter prazer e ser saudável.
Como visto, o sistema de recompensas do nosso cérebro é complexo. Dessa forma, é possível utilizar o SRC para trabalhar a seu favor. Quando o indivíduo compreende esse sistema, entende como ele funciona e os seus padrões mentais, aí é possível encontrar as alavancas que geram prazer na conquista dos objetivos. Por exemplo, se você deseja fazer uma dieta, mas pensar apenas nas concessões que vai fazer, isso vai desanimar e o foco está na dor; aí o sistema de recompensa será acionado toda vez que você se conectar a algo que proporcione prazer imediato. Por isso, é importante ter um objetivo maior bem definido e distribuído em pequenas metas, fazer uma dieta balanceada para que você não se prive totalmente do que te proporciona prazer.
Essa situação acontece muito com as crianças, quando os pais dizem que elas só poderão comer a sobremesa depois que terminarem de comer tudo e assim vão criando alguns padrões mentais vinculados ao prazer, dor e recompensa.
Foi usado como exemplo a alimentação, porém funciona desta forma para todas as situações, por isso é importante ter consciência das próprias atitudes, pensamentos e entender como funciona seu processo de recompensa e motivação.

No entanto, quando você não tem essa consciência e conhecimento sobre as associações e o sistema de recompensas, a tendência é agir de forma a obter prazer e evitar a dor. Dessa forma, adquire hábitos nocivos à saúde, procrastina, não consegue alcançar os seus objetivos, se envolvem em vícios e outras atitudes negativas. Quanto mais cedemos aos prazeres imediatos, mais complicado se tonar conquistar algo ou mudar padrões negativos.

De uma forma bem simplista, a ideia é você ter bem claro os seus objetivos de onde deseja chegar , criar as metas e pequenas recompensas, coisas que te proporcionem prazer ao longo da caminhada e assim liberar pequenas doses de dopamina. Assim será possível desassociar da ideia negativa e da dor na execução da tarefa proposta.

Os seus resultados vão depender se você foca no negativo ou no positivo. Dê uma olhada aqui abaixo o que acontece quando você foca no positivo – usa o sistema de recompensa a seu favor, e quando você foca no negativo – se entrega aos prazeres imediatos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Copyright © 2014-2017. Desenvolvido por Atlas Design.