Pole dance e luta em Las Vegas

pole dance2

Sarah Jones se hospedou no Hotel Monte Carlo, em Las Vegas quando ia realizar algumas investigações sobre a morte de um lutador de MMA. O crime aconteceu ao final da luta, no camarim e estava sendo realizada a autópsia com médicos legistas especialistas e parte da equipe verificando as câmeras do local para identificar algum suspeito. Além disso, estão sendo interrogados os lutadores que estavam no local, árbitros, técnicos e qualquer um que pudesse contribuir com pistas. Esta era a quarta morte de lutadores num período de 6 meses e Las Vegas era o principal foco dos ataques e parecia ser um único criminoso e se tratar de crimes em série.

Os analistas comportamentais encontraram traços de que todas as vítimas tinham consumido um tipo de droga e todos tinham ganhado as lutas anteriores. Nos exames anti-dopping não haviam acusado nada. Além disso, todos eram casados e tinham uma ex-namorada em comum, Nathalie, que já havia trabalhado em vários hotéis na Las Vegas Boulevard como dançarina, striper e no bar.

Sarah Jones estava infiltrada e desfaçada de dançarina no cassino do Hotel MGM, onde aconteciam as lutas de MMA e um dos hotéis onde Nathalie trabalhou. A equipe descobriu que Nathalie tinha sido demitida do hotel Monte Carlo por uso de drogas e  por embriagar alguns clientes. Para realizar esse tipo de papel Sarah Jones foi treinada e tinha a prática de pole dance, chair dance , luta, bartender, dentre outras dependendo da situação em que precisasse atuar. Sarah Jones já estava há mais de um mês realizando esse trabalho e juntando as pistas, desde o momento em que constatou-se que se tratava de crimes em série. Ela estava observando os colegas, funcionários e clientes do cassino e todos que por ali circulavam com mais frequência para identificar qualquer suspeito. Ela identificou algumas pessoas que conheciam e tinham se relacionado com Natalhie. Uma delas era Laura, que havia trabalhado com Natalie e disse que ela se tratava de uma pessoa sem escrúpulos, pois tinha traído a amizade por um relacionamento com um cara cheio da grana.

Em Las Vegas, tem vários metrôs que levam os passageiros entre um hotel e outro. A empolgação era grande após o final da investigação e prisão do responsável pelas mortes, o metrô estava vazio e era seu dia de folga.  Aquele ambiente era propício para se soltar e fazer uma de suas performances e mostrar para sua equipe o seu trabalho fora do disfarce.. Era a oportunidade certa: metrô vazio, salto alto e o dito cujo presente: o poste! Poste eu chamo qualquer objeto cilíndrico preso a pelo menos uma das extremidades (chão e teto), firme e com um determinado diâmetro para possibilitar a sensual dança. A equipe adorou e aprovou a performance de Sarah Jones. A preocupação maior foi constatar que no metrô haviam câmeras…

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Copyright © 2014-2017. Desenvolvido por Atlas Design.