Paixão e ideias

Seguindo a linha das dicas dos posts de hoje, agora vou dar duas que também valem super a pena. Pode ser que você conheça e pode ser que você nunca tenha ouvido falar. Eu sei que toda vez que assisto me surpreendo mais, me inspira mais, me emociona mais….enfim…mexe com todos os meus sentidos e por isso não posso deixar isso guardado dentro de mim, tenho que botar para fora.

Vocês conhecem o TED? TED : Ideas worth spreading, quer dizer “Ideias que merecem ser espalhadas”. E se merecem!

Ted3

É uma fundação dos Estados Unidos que promove e realiza palestras e  conferências pela Europa, Estados Unidos e Ásia destinada à disseminação de ideias. E tem palestras para todos os gostos, estilos e culturas, em mais de cem línguas e conferencistas de várias nacionalidades. Atualmente, suas ações incluem o TED Conference, o TED Global, o TED Talks, o TEDx (esses são versões locais do evento). O primeiro TED brasileiro aconteceu em 2009, em São Paulo e existe em várias cidades.

Depois de assistir a alguns vídeos (ainda não consegui assistir a todos), dentre eles apresentados por gurus, mestres do conhecimento e sei lá que nome mais usar para definí-los, não me contive em conhecer o cara, o grande , o poderoso ou poderosa que teve a maior de todas as ideias…..e provavelmente muito dinheiro e contatos para criar essa fundação. Ele merece aplausos, né?

Eu tive que pesquisar o CARA: Richard Saul Wurman.  Ele é arquiteto e design gráfico e nasceu em 1935. O TED foi fundado em 1984, logo ele tinha 49 anos. Se for me basear nele, ainda tenho pelo menos 10 anos para fundar algo sensacional assim, ou seja, ideias para mudar atitudes, pessoas, vidas e que faça diferença no mundo.

Ted

Então, a dica é: separe um tempo na sua agenda, escolha os temas que mais te interessarem e assista! Eu te garanto que, senão achar sensacional pelo menos 10 ou não se imaginar um dia estar no lugar de qualquer um deles: ou você é um deles (nesse caso se apresente e vamos trocar ideias!) ou precisa rever muita coisa na sua vida e mudar comportamentos, critérios. As apresentações estão em inglês e é possível encontrá-las legendadas. Minha sugestão é que você assista as duas: uma para treinar o inglês e outra para entender o conteúdo! Mesmo que você não saiba nada de inglês, viu? Isso não é perda de tempo, é exercício cerebral!

Dessa forma vamos colaborar para transformar o mundo começando por nós mesmos.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Copyright © 2014-2017. Desenvolvido por Atlas Design.