Tag - válvulas de escape

1
Compulsão – Mentes insaciáveis
2
Quais são as suas válvulas de escape?

Compulsão – Mentes insaciáveis

Blog

O assunto do blog essa semana é compulsão, tema de grande polêmica e frequente na vida de diversas pessoas, sobretudo dos brasileiros. Esse é um problema comum em países industrializados e com uma forte cultura de consumo.

Afinal de contas o que é compulsão?

Compulsão é quando dispomos de um desejo, uma vontade incontrolável de fazer alguma coisa, uma obsessão ou repetição exagerada. Normalmente esse comportamento está associado a alguma gratificação emocional, ou seja, o indivíduo age de forma a obter alívio de algum sofrimento, um escape para uma determinada situação ou emoção. A pessoa que possui esse tipo de comportamento descontrolado pode estar tentando compensar sentimentos de ansiedade, angústia, afastar alguma ameaça ou mesmo procurando obter prazer ou satisfação.

O que também nos remete a um tipo válvula de escape negativa, que já foi assunto num post do blog. Leia Mais

Quais são as suas válvulas de escape?

valvulas

Em primeiro lugar, é importante definir o conceito de válvula de escape. O conceito que vem da mecânica, significa a válvula que abre automaticamente, permitindo a saída do fluido, quando a pressão interna é muito alta e ultrapassa o nível de segurança. Em resumo, e segundo um dicionário é um instrumento para escapar de uma situação turbulenta.

Podemos fazer uma relação com a nossa vida, com o nosso dia-a-dia e identificar a necessidade de possuir pelo menos uma válvula de escape para alívio das pressões, iminentes a qualquer ser humano.

O meio empresarial é cercado de muita pressão por todos os lados e, devido às imposições do cotidiano, nos vemos diante de um mundo que tem pressa em desempenhar todas as tarefas do dia-a-dia.

O que precisamos entender de verdade é que toda essa pressa imposta pela sociedade, muito tem prejudicado a qualidade de vida de todos nós e não só no meio empresarial. Percebo também o quanto as pessoas exigem de si, de como devem ser, não sabem dizer não quando necessário e pertinente; não conseguem, muitas vezes, assumir a própria escolha e suas consequências.

Então, com essa correria do dia-a-dia, com esse desejo em atender às expectativas dos outros e agradar a todos, com a autocobrança excessiva e um perfeccionismo exagerado aparecem as doenças como ansiedade, insônia, dores de cabeça, alterações repentinas de humor, problemas de memória, queda de cabelo, baixa imunidade, entre outras consequências físicas e emocionais. Leia Mais

Copyright © 2014-2017. Desenvolvido por Atlas Design.