Tag - saúde mental no trabalho

1
Saúde mental no trabalho
2
Voltando ao trabalho sem stress
3
Janeiro Branco: Quem cuida da mente, cuida da vida

Saúde mental no trabalho

Diante da pandemia, da crise financeira, do isolamento social e do home office, vemos muitas empresas e funcionários debatendo sobre criar um ambiente mais acolhedor e dinâmico, na intenção de diminuir o estresse e melhorar a saúde mental.

A pesquisa “Os Impactos da Saúde Mental no Trabalho do Colaborador Brasileiro” relatou que a epidemia de transtornos psíquicos não interfere apenas na saúde do trabalhador, também há queda de produtividade (36,6%), falta de engajamento (23,3%) e crescimento da rotatividade (19,6%). Dessa maneira, a empresa tem seus resultados diretamente comprometidos.

Por isso, é preciso criar um ambiente em que as pessoas se sintam confortáveis para se expor diante das outras sem medo de serem julgadas ou punidas. E oferecer incentivos como palestras, treinamentos e atividades voltadas para a saúde mental e bem-estar do colaborador.

O que sua empresa pode fazer para melhorar a saúde mental dos colaboradores:

  • Estabeleça prazos e metas alcançáveis: se você sobrecarregar os colaboradores da sua equipe, eles podem se desmotivar, comprometer a produtividade e os resultados.
  • Estimule o feedback: criar uma cultura de avaliação de desempenho seguido de feedback na empresa é essencial para abrir diálogos, abordar assuntos importantes, alinhar as expectativas e melhorar a performance.
  • Respeito ao horário e gestão do tempo: mesmo em home office, o colaborador tem horário para iniciar e finalizar o expediente e precisa fazer pausas e horário de almoço. Por isso, ele precisa saber gerenciar bem o tempo.
  • Invista em assistência psicológica: produza e distribua conteúdos que promovam saúde mental e ações que estimulem o bem-estar no trabalho do colaborador como palestras, treinamentos, terapia e outras atividades.

    Leia Mais

Voltando ao trabalho sem stress

Algumas pessoas estão retornando ao trabalho nos escritórios, in loco nas empresas de forma gradual.

Para que este retorno seja benéfico e produtivo para funcionários e empresas é muito importante criar um diálogo positivo e ações para minimizar o stress e administrar as emoções, advindos da pandemia e do isolamento social. E dessa forma garantir a saúde de todos e um recomeço saudável para a empresa.

Sabe por quê?

O stress gera custos, reduz o desempenho e a produtividade, é a principal causa do absenteísmo, reduz a criatividade e motivação dos funcionários e impacta no clima organizacional. Além disso, pode gerar problemas mais graves para o indivíduo, impactando a sua saúde física e mental como, por exemplo, a Síndrome de Burnout. 

O stress é um esforço de adaptação do nosso organismo a situações negativas ou positivas. Todo indivíduo precisa de um pouco de stress para viver, para a própria sobrevivência. Eustress é conhecido como o stress positivo, que estimula o indivíduo a agir, a fazer o melhor,  é motivador e desafiador. Ele também surge a partir de situações positivas e que geram mudanças significativas, por exemplo um  casamento, uma mudança na carreira, a construção de uma casa nova, dentre outras. Porém, o distress é negativo, persistente e engloba três fases: alerta, resistência e exaustão.

Dentre os fatores estressores, podemos ressaltar as áreas do relacionamento (familiar, afetivos, colegas de trabalho e chefes) , organizacionais, socioculturais e pessoais. Leia Mais

Janeiro Branco: Quem cuida da mente, cuida da vida

O primeiro mês do ano é marcado pela campanha Janeiro Branco, que tem como principal objetivo discutir e conscientizar sobre a saúde mental. O projeto convida as pessoas a refletirem sobre suas vidas e incentiva o debate sobre o tema em todos os espaços.

Uma boa pedida é abordar esse assunto dentro das empresas e conscientizar os colaboradores sobre os benefícios de cuidarem da saúde mental, ou seja, lidarem com questões emocionais, sobretudo com o stress e com a ansiedade. Além disso, esse tipo de campanha realizada nas empresas ajuda a reduzir o absenteísmo, o turnover e os riscos de acidentes de trabalho; e aumentar a produtividade, satisfação e clima organizacional.

É importante lembrar que saúde mental engloba muito mais do que ausência de doença mental. Além disso, ninguém é feliz e mentalmente saudável o tempo todo,  podemos apresentar sofrimentos e doenças psíquicas em algumas fases da vida.

A escolha de janeiro é estratégica, pois o começo do ano pode gerar ansiedade pelo desejo de cumprir as metas e frustração por não ter cumprido todas do ano anterior. Além disso, costuma ser um período de muita reflexão.Dessa forma, a campanha serve como um alerta para que todos comecem seu novo ciclo de uma maneira sadia, tanto emocional quanto psicologicamente.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, mais de 300 milhões de pessoas sofrem de depressão em todo o mundo, um transtorno mental frequente que afeta todas as faixas etárias, de qualquer raça, etnia ou classe social e a principal causa de afastamento no trabalho. A doença é pauta de destaque quando se fala em saúde da mente.

Copyright © 2014-2017. Desenvolvido por Atlas Design.