Tag - podcast Divâ Jovem Pan

1
Salvador, Perseguidor ou Vítima
2
Como superar a fobia
3
Como praticar o desapego e viver mais leve

Salvador, Perseguidor ou Vítima

Você já percebeu que, no decorrer da vida, nós assumimos papeis nas relações interpessoais que estabelecemos?

E, muitas das vezes, esses papeis criam relações disfuncionais que nos mantêm psicologicamente dependentes uns dos outros, alimentando esse ciclo. Isso é explicado pelo Triângulo de Karpman, o mais famoso modelo social concebido por Stephen Karpman, da análise transacional. Neste modelo, são exercidos três papéis: vítima, perseguidor e salvador.

Os conflitos internos e interpessoais surgem e se mantêm quando as pessoas se encontram em um dos três papeis representados pelas pontas do triângulo, cada uma numa posição alimentando esse ciclo.

A vítima sente temor e passividade frente às situações, não assume responsabilidade pelas suas ações e se sente o coitado. Já o perseguidor é naturalmente dominador e quer impor o seu poder sobre o outro. Julga e critica as pessoas e encontra “terreno fértil” na presença da vítima. O terceiro papel, o salvador, é o herói e está sempre defendendo e salvando os mais necessitados – a vítima das garras do perseguidor. É aquele que tem a força e se envolve de “corpo e alma” para salvar o outro e não se envolver com as próprias questões.

Apesar de exercerem posições diferentes, nenhuma dessas posições é benéfica e gera relações disfuncionais e de co-dependência. Isso por que as pessoas inseridas nesse contexto estão em constante confronto com as outras ou consigo mesmas e, enquanto não saírem desses papeis, vão manter essa dependência emocional.

Portanto, se você se identificou com um papel em alguma das suas relações, procure sair desse triângulo psicológico! Mas, como faço isso? Leia Mais

Como superar a fobia

O medo é um sentimento comum a todo ser humano e que nos acompanha nas diversas fases da vida. Afinal, quem não teve medo do escuro quando criança?

Porém, é importante saber quando esse medo se torna um impedimento para você viver de forma saudável e feliz. Quando ele te impede de realizar tarefas importantes para a sua vida pessoal e profissional ou compromete a vida social como viajar de avião, dirigir ou entrar em elevadores, conviver socialmente ou falar em público, torna-se necessário buscar ajuda. Caso contrário, o quadro poderá evoluir para crises de pânico, insônia, transtorno de ansiedade e até depressão. Além disso, podem levar à perda de oportunidades em diversas áreas e da qualidade de vida.

Estes casos de medo irracional e situações que geram na pessoa uma ansiedade desproporcional à circunstância em si, são chamados de fobia. O tratamento pode ser realizado por meio de terapia, que ajuda a superar a fobia. Uma das ferramentas que utilizo e considero mais eficaz é a hipnose, que proporciona bons resultados de maneira rápida e assertiva, não é invasiva e totalmente sem contraindicações. Leia Mais

Como praticar o desapego e viver mais leve

Podemos afirmar que a maioria dos acontecimentos do nosso dia a dia é um reflexo de um mix de emoções, atitudes e pensamentos de nós mesmos. Sendo assim, da mesma forma que externamos o que sentimos em nossas ações, o que ocorre ao nosso redor também afeta o nosso interior.

Quando você acumula objetos, roupas, relacionamentos tóxicos, entre outras coisas desnecessárias, significa que está fazendo o mesmo internamente. Acumular coisas pode estar te impedindo de progredir. Dessa forma, fazer uma limpeza de vez em quando, livrar-se do que não utiliza mais e do que não faz mais parte ou sentido na sua vida é um passo trabalhoso, desgastante e necessário.

Neste caso, se você não usa alguma roupa que já está no seu guarda-roupa há anos só esperando emagrecer; mantém relacionamentos insatisfatórios só para não ficar sozinho; continua em um emprego que não gosta por receio de não encontrar outro ou guarda excesso de objetos e coisas de pessoas que já se foram acreditando que isso a fará presente… Chegou o momento de praticar o DESAPEGO.

Leia Mais

Copyright © 2014-2017. Desenvolvido por Atlas Design.