Tag - como ser menos ansioso

1
4 dicas para controlar a ansiedade
2
Como funciona a hipnoterapia?

4 dicas para controlar a ansiedade

 Sentir ansiedade é uma condição inerente ao ser humano, é um recurso que prepara o indivíduo para situações de ameaça e perigo. Ou seja sentir preocupação e ansiedade é normal, pois é um mecanismo de defesa e existe para nos proteger. O problema é quando os níveis de ansiedade ou preocupação são desproporcionais às situações ou quando essas respostas exageradas se mantêm de modo persistente e/ou por longos períodos.

Quando trabalho a questão da ansiedade com meus clientes, além de ensinar técnicas de respiração e relaxamento, eu também utilizo o biofeedback cardiovascular nas sessões, durante 20 minutos. O objetivo do treinamento é alcançar a coerência cardíaca. E o cliente que deseja dar continuidade, tem a opção de adquirir o equipamento para utilizá-lo em casa e manter o treinamento frequente. Além disso, utilizo recursos da hipnose e da PNL (programação neurolinguística) para reprogramação do cérebro e de auto-hipnose, para o cliente realizar em casa.

Porém, aqui me comprometi a passar 4 dicas para controlar a ansiedade, que são elas: Leia Mais

Como funciona a hipnoterapia?

A hipnose é chamada de hipnoterapia quando utilizada como ferramenta terapêutica, e gera grandes resultados.

A hipnose é a mais antiga das terapias e é uma ferramenta que possibilita que o indivíduo alcance um estado alterado de consciência por meio do acesso à sua sabedoria interna para, com o auxílio de um profissional habilitado, encontrar recursos pessoais e resolver um determinado sintoma ou problema. A pessoa experimenta um estado profundo de relaxamento e prazer, deixa a mente mais desacelerada por meio da sua imaginação, possibilitando mudanças de estado emocional e de comportamentos, de maneira a ampliar as possibilidades e abrir um novo caminho em sua vida.

A hipnose ajuda no tratamento de fobias, controle do stress e da ansiedade, síndrome de burnout, dores crônicas, questões de cunho alimentar: obesidade, emagrecimento e distúrbios alimentares, vícios, compulsões por compras, por exemplo; gagueira, alergias, tiques nervosos como roer unha, arrancar cabelo, coçar a cabeça; timidez, disfunções sexuais, insônia; para aumento da performance cognitiva, artísticas e/ou esportivas. Ajuda a amenizar o sofrimento do stress pós-traumático,  a lidar com  as emoções negativas (baixa auto-estima, angústia, pensamentos negativos e depressivos). Então, auxilia em questões de fundo emocional ou psicológicos. Leia Mais

Copyright © 2014-2017. Desenvolvido por Atlas Design.