Tag - como reduzir o estresse e a ansiedade

1
Mindfulness: um aliado na gestão das emoções
2
18 de janeiro: Dia Internacional do Riso

Mindfulness: um aliado na gestão das emoções

O que é?

Mindfulness é um estado mental de consciência plena, com foco no que é relevante no momento presente. Essa observação compreende a atenção plena em fatores externos ou internos (emoções, pensamentos e sensações físicas). Através das práticas formais e informais do Mindfulness as pessoas conseguem focar e prestar mais atenção no momento presente.

O Mindfulness surgiu em 1979, na Universidade de Massachusetts,  nos Estados Unidos. O conceito foi criado com base em estudos do professor Jon Kabat-Zinn. Ele desenvolveu um programa de oito semanas, conhecido como MBSR – Mindfulness Based Stress Reduction, com o intuito de promover mais qualidade de vida e bem-estar para um grupo de pacientes que não estava respondendo bem à medicação. Após esse período, com o sucesso da prática, foi aplicado em todo o hospital

Todas as emoções classificadas como básicas fazem parte da nossa vida com maior ou menor intensidade. São elas: alegria, tristeza, raiva e medo, além de outras como angústia, frustração, ansiedade. Tanto a escassez quanto o excesso dessas emoções significam que algo precisa ser trabalhado em nosso interior, sobretudo se estiverem afetando negativamente a nossa vida. Por isso, é de extrema importância saber reconhecer, aceitar e lidar com as emoções.

Para gerenciar as emoções, é importante conhecê-las e entender sua influência no nosso dia a dia. Nossos momentos de alegria estão completamente relacionados ao nosso bem-estar e à autoestima e fortalecem nossa energia para lidar com as situações adversas do dia a dia. Já a tristeza é caracterizada por um estado de desânimo, cansaço e solidão, e é importante para o fortalecimento e amadurecimento de quem somos, por isso, em certa medida, é uma emoção completamente normal e saudável.

A raiva moderada e controlada pode ser útil para ajudar a entender o que está errado em sua vida e buscar motivação para possíveis soluções, além disso, a liberação da raiva ajuda a descarregar uma carga de tensão acumulada. Já o medo é um mecanismo de defesa involuntário e natural, e nos ajuda a evitar situações perigosas e de possíveis riscos. Nessas situações, o cérebro é ativado, liberando substâncias que disparam o coração, tornam a respiração ofegante, entre outros aspectos. São reações de resposta ao estresse, para a nossa sobrevivência na evolução da espécie.

Permita-se sentir suas emoções, afinal, ignorá-las pode ser um gatilho para somatizar e causar prejuízos para a sua saúde. Não lute contra suas emoções e se permita senti-las, fazendo uma meditação após algum desconforto emocional.

A prática de Mindfulness ou atenção plena é uma alternativa interessante e comprovada na gestão das emoções e do estresse

Uma das técnicas mais utilizadas e estudadas na gestão das emoções é o Mindfulness ou atenção plena. Ela está relacionada à nossa disposição para aproveitar a existência de forma plena, agindo como se ela realmente importasse, vivendo o único momento que temos de fato: o presente (JON KABAT-ZINN, 2015). Leia Mais

18 de janeiro: Dia Internacional do Riso

Retrato da felicidade, motivo pelo qual o palhaço se apresenta, o mais puro gesto estampado no rosto de uma criança… O que todos esses pontos têm em comum? Fácil, todas são diferentes formas de caracterizar o riso, ato pelo qual muita gente identifica a alegria e mais uma enxurrada de sentimentos bons. Há quem diga que o riso abre o coração e tranquiliza a alma.

E você sabia que por ser algo tão positivo, o riso tem um dia inteiramente dedicado a ele?

Hoje, 18 de janeiro, é o Dia Mundial do Riso! Uma boa oportunidade de dar boas gargalhadas junto de pessoas queridas ou de desconhecidos. Que tal experimentar ?

Para que o simples fato de rir seja possível, o corpo humano pode chegar a movimentar até 80 músculos, mexendo com o cérebro, garganta, coração, tórax, abdome, pernas, pés e o rosto, claro!  São 40 músculos só na região da cabeça, face e pescoço. E segundo estudos na área, ele traz efeitos terapêuticos, como a liberação de endorfina e de hormônios neurotransmissores que proporcionam bem-estar e prazer.

O riso proporciona diversos benefícios para a saúde física, mental, emocional,  para a vida pessoal, social e profissional. Diante da importância do tema, a Isabela concedeu entrevistas para a Rádio CBN Belo Horizonte e para a Record TV Minas.

Dentre os tantos benefícios que o riso pode trazer, estão: Leia Mais

Copyright © 2014-2017. Desenvolvido por Atlas Design.