marca

1
15 de outubro: Dia dos Professores
2
Dia das crianças: resgate a sua criança interior
3
Dicas para desenvolver inteligência emocional
4
Voltando ao trabalho sem stress
5
Vamos praticar neuróbica?
6
Que tal viver de maneira mais leve, saudável e feliz?
7
23 de setembro: Dia do Combate ao Stress
8
Aprenda a dizer NÃO
9
Administre melhor suas ações e tenha mais tempo
10
Um convite para meditar

15 de outubro: Dia dos Professores

Hoje, além de parabenizar nossos mestres pelos conhecimentos transferidos e aprendizados proporcionados, quero também reforçar o papel dos professores, orientadores e mentores em outras áreas da vida. O impacto na autoconfiança, coragem, otimismo, disciplina e segurança dos alunos é grande.

– Professor, como você se prepara para desenvolver emocionalmente seus alunos? Um fator importante para o amadurecimento da criança é a autoconfiança. E para os alunos se tornarem mais confiantes, a escola e os professores precisam tomar medidas educacionais que estimulem tal característica.
– Por quê? Porque os benefícios da autoconfiança extrapolam o ambiente escolar e se estendem a outros campos da vida.
Crianças mais autoconfiantes se tornam adultos mais preparadas para os desafios da vida e os alunos autoconfiantes sentem-se mais livres no seu processo de aprendizagem, pois não se intimidam diante de uma nota ruim ou qualquer outra dificuldade que apareça. Leia Mais

Dia das crianças: resgate a sua criança interior

Qual foi a última vez que você pisou na grama, correu na chuva, pulou em cima da cama ou se permitiu fazer coisas que remetem à sua infância?

“A gente olha o mundo só uma vez, durante a infância. O resto é lembrança”, escreveu em letras poéticas a norte americana Louise Glück, vencedora do Nobel da Literatura em 2020. Essa frase me fez refletir sobre o quanto nos tornamos sérios, ás vezes chatos e sem graça depois de adultos. Pensando nisso, resolvi abordar este tema no dia das crianças.

Muitas vezes as pessoas associam seus momentos de felicidade ao passado: “quando eu era feliz e não sabia”, “queria voltar a ser criança para ser feliz de novo”. As responsabilidades do dia a dia, o stress e os problemas da vida adulta muitas vezes nos fazem deixar de lado e até esquecer de coisas que nos deixam alegres, que nos proporcionam prazer, que nos fazem rir à toa, e que frequentemente estão associadas à nossa infância.

As crianças têm uma grande virtude que abandonam à medida que vão se tornando adultos como a curiosidade, a capacidade de se deslumbrar com cada descoberta e de observar cada acontecimento como se fosse único, além de enxergar beleza nas pequenas coisas.

“O homem seria metafisicamente grande se a criança fosse seu mestre”, já dizia o filósofo Sören Kierkegaard.

Hoje, no Dia das Crianças queremos propor a você conectar-se com essa criança interior e resgatar a  meninice, a brincadeira, o jeito moleque. Crescer é uma tarefa difícil, o peso da vida adulta chega de forma muito dura para algumas pessoas, mas ainda assim não podemos deixar que a nossa criança interior adormeça e que nos tornemos adultos insatisfeitos ou amargurados. É preciso exercitar a espontaneidade, o desapego, o olhar curioso, sem medo de experimentar algo novo. Para isso, você deve se perguntar: “o que eu gostava de fazer?”, “em que eu era bom?’? Esses exercícios podem te ajudar a se conectar com a infância e com essa criança. E então, a proposta é começar hoje mesmo, agora! Leia Mais

Dicas para desenvolver inteligência emocional

Primeiramente, considero importante conceituar inteligência emocional. A inteligência emocional é um conceito formulado pelo psicólogo Daniel Goleman. Ele define a inteligência emocional como a “capacidade de identificar os nossos sentimentos e os dos outros, de nos motivarmos e de gerir bem as nossas emoções internamente e os relacionamentos.”

A vida se move rapidamente e o mundo está cada vez mais volátil, incerto, complexo, ambíguo e desafiador. Vivemos estressados, ansiosos, em meio a ambientes extremamente competitivos e com estímulos por todos os lados. Isso tudo afeta nossa saúde física, emocional, os relacionamentos, o desempenho e a produtividade no trabalho, a nossa motivação e bem estar.

Segundo Goleman, a habilidade da inteligência emocional pode determinar o sucesso ou o fracasso de uma pessoa, isso acontece porque  nossa vida é feita de situações que exigem que nos relacionemos com outras pessoas demonstrando gentileza, empatia, compreensão.

Então, para que você possa desenvolver inteligência emocional, separamos oito dicas a seguir. Leia Mais

Voltando ao trabalho sem stress

Algumas pessoas estão retornando ao trabalho nos escritórios, in loco nas empresas de forma gradual.

Para que este retorno seja benéfico e produtivo para funcionários e empresas é muito importante criar um diálogo positivo e ações para minimizar o stress e administrar as emoções, advindos da pandemia e do isolamento social. E dessa forma garantir a saúde de todos e um recomeço saudável para a empresa.

Sabe por quê?

O stress gera custos, reduz o desempenho e a produtividade, é a principal causa do absenteísmo, reduz a criatividade e motivação dos funcionários e impacta no clima organizacional. Além disso, pode gerar problemas mais graves para o indivíduo, impactando a sua saúde física e mental como, por exemplo, a Síndrome de Burnout. 

O stress é um esforço de adaptação do nosso organismo a situações negativas ou positivas. Todo indivíduo precisa de um pouco de stress para viver, para a própria sobrevivência. Eustress é conhecido como o stress positivo, que estimula o indivíduo a agir, a fazer o melhor,  é motivador e desafiador. Ele também surge a partir de situações positivas e que geram mudanças significativas, por exemplo um  casamento, uma mudança na carreira, a construção de uma casa nova, dentre outras. Porém, o distress é negativo, persistente e engloba três fases: alerta, resistência e exaustão.

Dentre os fatores estressores, podemos ressaltar as áreas do relacionamento (familiar, afetivos, colegas de trabalho e chefes) , organizacionais, socioculturais e pessoais. Leia Mais

Vamos praticar neuróbica?

 

Você conseguiu ler essa frase? Conhece a capacidade do seu cérebro?

Quando exercitamos nossa mente, saímos da zona de conforto e encontramos com mais facilidade respostas para tomadas de decisão e resolução de problemas. Esses exercícios são conhecidos como neuróbica e foram criados para fortalecer neurônios, aumentar o poder de concentração e treinar a memória, além de contribuir com a longevidade mental.

A neuróbica é um tipo de ginástica para o cérebro. A “aeróbica dos neurônios”. Isso mesmo!

Sabe quando a gente esquece nomes, números, compromissos, locais onde determinados objetos foram guardados, datas de aniversário, ou mesmo contamos a mesma história para a mesma pessoa várias vezes? Isso acontece com gente de qualquer idade, hein! Vivemos muito no automático, deixando de pensar e estimular nossos neurônios. A notícia boa é que pode ser resolvido com exercícios simples para o cérebro.

O objetivo da neuróbica é estimular os cinco sentidos (visão, olfato, tato, paladar e audição) – e também suas emoções – por meio de exercícios, fazendo com que você preste mais atenção nas suas ações, melhore seu poder de concentração, a sua memória e aumente a sua reserva cognitiva.

Que tal exercitar seu cérebro agora? Seguem abaixo 3 práticas pra você começar!

– Escreva o seu nome completo com a mão contrária da de costume;
– Pense em uma palavra e depois escreva outras 5 que comecem com a mesma letra;
– Coma algo bem diferente do habitual, estimule seu paladar.

Que tal viver de maneira mais leve, saudável e feliz?

Como anda o clima na sua empresa ? E a produtividade, motivação e performance dos colaboradores? Você tem dedicado tempo para cuidar de si mesmo, tem momentos de relaxamento e lazer ou a sua rotina te consome?

Quando passamos por momentos cansativos, como o excesso de tarefas ou crises de ansiedade e stress, enviamos para nosso cérebro sinais que geram emoções e comportamentos de luta ou fuga. Muitas vezes, a causa disso é a falta de habilidades ou competências, tanto do indivíduo quanto da liderança das empresas, para administrar a própria vida, definir prioridades, necessidades e desejos, e de lidar com os desafios e estresses do dia a dia.

Dessa maneira, torna-se necessário o conhecimento e o desenvolvimento de estratégias de gestão do stress e das emoções, para aumento do bem-estar, da qualidade de vida e de resultados positivos.

A Meus Miolos se especializou no desenvolvimento de estratégias para ajudar as pessoas, times e empresas a lidarem com as adversidades de maneira a conquistarem mais qualidade de vida e equilíbrio emocional.

Você deseja aliviar o stress e a ansiedade, ser mais produtivo, obter melhores resultados, relacionamentos mais saudáveis e mais qualidade de vida? Conheça o programa anti-stress Levemente.

Esse programa de gestão do stress foi criado por mim, Isabela Capelão, para resolver um problema que há muito tempo assolava a minha vida e que, atualmente, perturba a vida de grande parte das pessoas, sobretudo nesse momento vivido atualmente.

Depois de ter passado por muitas adversidades e dificuldades em lidar com o stress, fui comedida por um problema grave de saúde, tive uma trombose cerebral, um AVC. E funcionou como um trampolim para uma busca por ferramentas, técnicas e metodologias que ajudassem as pessoas a gerenciar o stress e as emoções, e obter resultados com qualidade de vida. Isso agora é possível por meio do programa anti-stress Levemente.

E você, tem se sentido estressado(a) ou conhece alguém que pode se beneficiar dessas técnicas? Então, compartilhe!

Ou se preferir agendando um horário pelo (31) 9.9858-0188 para saber mais.

23 de setembro: Dia do Combate ao Stress

No dia 23 de setembro foi instituída como data de combate ao stress, sobretudo para conscientizar as pessoas e organizações das consequências e dos sintomas do stress vivenciado de forma negativa. E ainda enfatizar a importância da prevenção para que o stress não se transforme numa síndrome de burnout ou não seja o fator causador de doenças e/ou desastres que podem impactar pessoas e organizações.

Segundo pesquisa da ISMA-BR ( International Stress Management Association do Brasil) 2019, 72% dos brasileiros que estão no mercado de trabalho sofrem alguma sequela ocasionada pelo estresse. Desse total, 32% sofreriam de Burnout. E 92% das pessoas com a síndrome continuariam trabalhando.

Eu, Isabela Capelão, fui uma das vítimas das consequências do stress.

Na pesquisa Stress Brasil, realizada pelo Instituto de Psicologia e Controle do Stress (IPCS), apontou que os brasileiros consideram como maior fonte de estresse os relacionamentos (familiares, amorosos, com colegas e chefes); seguido de dificuldades financeiras e de sobrecarga de trabalho, em segundo e terceiro lugar respectivamente.

Por isso é importante encontrarmos estratégias para lidar com o estresse negativo, para que esses fatores não impactem nossa saúde física, mental, nos relacionamentos e nossos resultados profissionais.

Hoje, especialmente, trouxemos nove dicas para ajudá-lo no combate ao stress: Leia Mais

Aprenda a dizer NÃO

Quando alguém te pede alguma coisa, você tem dificuldade de falar “não”? Muitas vezes deixamos de dizer “não” pra algum pedido, convite ou para alguém, por nos sentirmos culpados, e acabamos fazendo algo contra nossa vontade. Mas o “não” é de extrema importância na nossa vida, porque nosso tempo é escasso, e a gestão desse tempo está diretamente relacionada com a nossa felicidade e com a conquista dos nossos objetivos.

Para aprender a falar “não” também é necessário aprender a ouvir “não”. Quando aceitamos fazer algum favor para alguém, criamos expectativas de um reconhecimento, o que geralmente não acontece e resulta em uma grande frustração. 😟 Leia Mais

Administre melhor suas ações e tenha mais tempo

Em uma época em que o trabalho em casa se tornou o “novo normal” é fácil dispersar e perder o foco, principalmente quem é multitarefas e topa vários desafios. Ou ainda, quem procrastina muito e sempre deixa as coisas pra depois. Por isso, administrar o tempo de maneira eficaz é cada vez mais importante, seja profissional ou pessoalmente.

Você tem a impressão de que o seu tempo é pouco para fazer tudo o que gostaria?

Se você administrar melhor o seu tempo será  possível alcançar uma maior consciência sobre seus objetivos de vida, desejos, sonhos e, principalmente, para planejar e realizar ações “para chegar lá”.  Além de se organizar melhor, alcançar mais resultados,  ser mais produtivo, com mais leveza e tranquilidade. Você conseguirá ter mais tempo para as coisas essenciais da sua vida, que cada vez mais você está deixando de lado.

Caminho fácil? Ninguém disse que seria, isso depende também do seu comprometimento e vontade.

Está pronto? Pegue um papel e um lápis/ caneta ou abra o arquivo no computador e comece, seguindo o passo-a-passo abaixo: Leia Mais

Um convite para meditar

A meditação oferece diversos benefícios para nossa vida, saúde física e mental. Inclusive com diversos estudos científicos que comprovam. O estresse e a ansiedade podem ser reduzidos com a prática da meditação e pesquisas sugerem que pode retardar o envelhecimento.

E o melhor é que a prática da meditação pode ser realizada por todas as pessoas, até aquelas que tem a mente mais inquieta. Quando nos concentramos no momento presente, aqui e agora, a meditação acontece!

Meditar é aquietar e acalmar a mente, é estar focado no momento presente e sem julgamentos, ou seja, pensamentos vão aparecer. Então, deixe-os ir embora e volte a se concentrar, sem condenar-se por isso ou achar que não está meditando. A meditação aumenta o espaço entre os pensamentos, reduzindo-os, o que possibilita o relaxamento  e a experimentação de estados emocionais positivos. Leia Mais

Copyright © 2014-2017. Desenvolvido por Atlas Design.