Minha história com a hipnoterapia

A primeira vez que me submeti à hipnoterapia, me senti um pouco desconfiada e pouco à vontade… Sobretudo pela falta de conhecimento e pelo fato de que já tinha feito vários tipos de terapias com diversos profissionais e linhas de abordagem. Como mineira já era extremamente desconfiada, gostava de ter o controle da situação e acreditava, assim como muitos ainda acreditam, que o hipnólogo ou hipnoterapeuta me dominaria e comandaria todas as minhas ações. Essa era a principal explicação pela qual  eu desviava o pensamento nas primeiras sessões de terapia e me recusava a entrar no tão famoso transe….

Sinceramente, eu devo ter perdido muitas oportunidades de aprendizado enrolando com essas atitudes e pensamentos. E hoje eu explico o que já tinham me explicado: o indivíduo fica sob seu total controle e acessa seu inconsciente e o hipnoterapeuta apenas guia, faz sugestões sobre o assunto que está sendo trabalhado para auxiliá-lo.

O que é hipnoterapia

Além disso, outra questão era o meu pensamento frenético, que ficava tentando me desconcentrar…. o famoso diabinho mental.

Depois que compreendi isso e deixei de lado a preocupação com o que estava acontecendo do lado de fora, me desliguei do outro e me concentrei na minha respiração, no momento, no meu interior mais profundo, consegui relaxar e envolver comigo mesma, então  experimentei situações e estados emocionais incríveis. Pareciam viagens alucinantes ao passado, ao desconhecido e tudo era possível, as mudanças aconteciam mais naturalmente e de maneira mais rápida que qualquer outra forma de terapia. Sabe o que realmente aconteceu: eu aprendi a viver, a me amar e aceitar minhas imperfeições e me permiti experimentar sem medo, me tornei muito mais autoconfiante.
Saía de lá pensando: todos precisam um dia experimentar essa sensação maravilhosa.
Depois de algum tempo estava eu estudando hipnose e agora sou hipnoterapeuta e aplico as técnicas respeitando o tempo e a individualidade de cada um, ajudando os mais ansiosos a se libertarem dos pensamentos frequentes, possibilitando mais gente desfrutar dessa mesma sensação de liberdade, leveza, tranquilidade e plenitude.

Aqui em outro post também tem as várias indicações e auxílios em tratamento para os quais a hipnose é indicada.
Eu lhe convido hoje a experimentar e permitir-se relaxar e sentir-se assim como eu: livre, leve, solta e plena!
Acompanhe meus vídeos, podcasts, cadastre-se no meu blog ou marque um horário!

[000596]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Copyright © 2014-2017. Desenvolvido por Atlas Design.