Sarah Jones

sarahjones

Quem é?

Atriz, cantora, dançarina, lutadora, jornalista, repórter investigativa.

Ela é o que é: original, criativa, apaixonada, sensual, empolgada, aloprada, desvairada, versátil, fala o que quer e ouve o que não quer, ligada no 220v a maior parte do tempo, comunicativa, curiosa, imprevisível, positiva, excêntrica, desafia as ideias convencionais, assume riscos.

Ela gosta de desafios e fará os maiores esforços para conquistá-los. É corajosa e adora correr riscos e se aventurar em meios perigosos com o propósito de exercer a sua missão de ajudar as pessoas a serem melhores e enfrentarem as suas limitações.

Sarah Jones tem ampla capacidade de persuasão e de ler os pensamentos dos outros, de realizar várias tarefas diferentes ao mesmo tempo com rapidez e precisão e ainda é uma observadora capaz de enxergar a longas distâncias.

Onde começou a história de Sarah Jones:

Era uma vez uma garota que queria fazer uma atividade física diferente de todas as que ela já havia feito e foi se deparar com Mestre Ely, no kickboxing.

Confesso que eu não sabia o que era direito, mas no momento em que fui apresentada, logo me apaixonei e nunca mais larguei. Quase nunca, aliás, não fosse um incidente no meio do percurso que não faz sentido considerar agora, eu nunca teria largado.

Depois de um tempo treinando com o mestre Ely, Isa ou Isinha (como era chamada carinhosamente) conheceu o campeão Thiago Michel e começou a ter aulas de kickboxing com ele. Thiago e Ely viraram terapeutas-professores: ouviam todas as histórias da Isa e davam excelentes conselhos. E a recíproca também é verdadeira. Por isso ela continuou solteira. Existe uma teoria de que todas que ali entram, solteiras permanecem. Brincadeira!

Dentre as várias sessões-aula, ficávamos divagando sobre a vida e então tivemos a ideia de produzir um filme. Isso mesmo! Ci-ne-ma! Nós começamos a dividir os papéis entre as pessoas que treinavam na equipe e já tínhamos um grande número de participantes. E eu, é claro, não abri mão de ser a protagonista ou uma das atrizes principais. O combinado era um filme de luta e eu seria a investigadora, tipo FBI. Nossa, ia arrazar! Durante algumas aulas ficava treinando, fazendo rolamentos, tudo para assumir o papel! Algumas cenas eram tão perigosas e de muita exposição e então foi combinado que eu teria uma dublê, a Bárbara, minha dupla na luta. Tive que entrar na aula de pole dance, pois não abria mão de descer sensualmente do poste numa das cenas de perseguição. E ainda entrei para a aula de canto para poder atuar nos disfarces como cantora para as investigações.

E assim foi: cada dia montávamos uma parte do roteiro do filme e, além de atuar eu também seria a roteirista! Para isso eu precisava de um codinome, um nome artístico e então o Thiago criou Sara Souza….. mas achei meio pobre para os papéis que iria realizar. Queria uma coisa mais Holywoodiana. E então tivemos a ideia de Sarah Jones.

E ela começou a aparecer de vez em quando: em viagens, com os amigos e começou a ficar conhecida. Já até tirou uma foto numa barraca de praia em Porto de Galinhas como uma famosa atriz americana num passeio pelo Brasil. O filme ainda não foi concretizado, nem mesmo o livro.

O mais emocionante é que agora Sarah Jones existe! O primeiro passo já foi dado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Copyright © 2014-2017. Desenvolvido por Atlas Design.