Arquivo - outubro 2016

1
3 dicas de gestão do tempo para melhorar a sua performance.
2
Alerta: verifique se você ou o líder da sua equipe encontra-se nessa lista

3 dicas de gestão do tempo para melhorar a sua performance.

Gestão do tempo é um tema repleto de conteúdo. Isso é bom!

A gestão do tempo está diretamente relacionada ao estresse e à ansiedade, ou seja, a sua produtividade, performance e qualidade de vida podem ser afetadas por uma má administração do tempo.

Não saber definir prioridades, aproveitar a parte mais produtiva do dia para atividades que não tem tanta importância ou ainda gastar a maior parte do dia com resolução de urgências, uma microgestão e acúmulo de funções, utilizar de forma inapropriada os meios de comunicação e recursos tecnológicos …..enfim, são diversas causas, que vamos abordando ao longo de vídeos e textos com o objetivo de identificá-las e encontrar as melhores maneiras de saná-las. Além disso, é importante também conhecer a própria capacidade e habilidades para entender o que precisa ser desenvolvido e aprimorado ou o que necessita de adaptação.

Hoje especialmente vou começar oferecendo a você 3 dicas de gestão do tempo da série “Ser ou não ser estressado(a) – eis a questão” . E continue acompanhando ferramentas, dicas, técnicas e estratégias para aprender a gerenciar o seu tempo e alcançar melhores resultados com tranquilidade e equilíbrio. E saiba que sim, isto é possível!

Compartilhe com quem você considera que se beneficiaria dessas dicas.

Alerta: verifique se você ou o líder da sua equipe encontra-se nessa lista

Todos nós sabemos que o estresse atrapalha muito a nossa dinâmica de vida. Ele tira o nosso ânimo e nossa força, além de nos deixar instável emocionalmente, trazendo danos aos nossos relacionamentos.

A resposta ao estresse foi feita para nos ajudar a lidar com emergências.  Se o estresse dura mais de uma hora, o nível de cortisol se eleva demais e podem cessar as defesas do organismo. O excesso de cortisol gera muitos males.

alarme

O estresse pode trazer muitas consequências para saúde, reações agudas e doenças:

  • Enxaqueca ou dores de cabeça frequentes.
  • Fibromialgia.
  • Dificuldade para dormir e insônia.
  • Desânimo.
  • Cansaço físico, mental e emocional.
  • Problemas respiratórios.
  • Depressão, angústia, ansiedade, irritabilidade e mau humor.
  • Síndrome do pânico.
  • Palpitação, taquicardia ou até infarto.
  • Hipertensão.
  • Doenças cardiovasculares.
  • Ejaculação precoce.
  • Diminuição do desejo sexual.
  • Dificuldade de manter a ereção.
  • Queda de cabelo.
  • Psoríase, eczema e urticária.
  • Aumento do desejo por chocolate, doces, pães, biscoitos, etc.
  • Aumento do desejo de comer a noite.
  • Compulsão alimentar.
  • Obesidade.
  • Problemas gastrointestinais (dor de estômago, gastrite ou até úlcera, intestino irritável)
  • Fraqueza do sistema imunológico, podendo acarretar com mais facilidade gripes, resfriados, viroses

Resultados profissionais negativos:

  • Dificuldade de concentração e memorização.resultados negativos3
  • Dificuldade para tomar decisões.
  • Queda na produtividade.
  • Ausência no trabalho (aumento do absenteísmo).
  • Atitudes mais autoritárias.
  • Agressividade.
  • Conflito na equipe.
  • Isolamento social

Leia Mais

Copyright © 2014-2017. Desenvolvido por Atlas Design.